sexta-feira, 30 de abril de 2010

Batimento Cardíaco Onírico

Se a vida é um sonho, então onde estamos quando acordamos? Não...a vida não é um sonho. O sonho faz parte da vida, mas a vida pode ser um sonho lúcido, se assim desejarmos. Amor incondicional em toda existência, na consciência sem penitência...infinita serenidade na turbulência do nosso tempo. Guerra? em todo lugar... dentro e fora.

Guerra em desenhos, poemas, na vida....com balas, com mortes....atitudes extremas. O outro extremo? Se perdeu de vista....não pra mim.

Continuo amando.

Um comentário:

tet is oká! disse...

Amar é permanecer jovem. Permanecer jovem é acreditar no irreal, no impossível.

Gostei!!